Talk Science

Aumenta a venda de medicamentos para a imunidade

A pandemia foi um dos fatores que impulsionaram a procura por suplementos e remédios para ajudar a fortalecer o sistema imune

Escrito por Talk Science

22 JUN 2022 - 17H08

A demanda por medicamentos com a função de melhorar a imunidade é a maior registrada nos últimos dez anos. Segundo a Associação Brasileira de Farmácias (Abrafarma), as maiores redes de farmácia do país encerraram 2021 com faturamento de 67,5 bilhões de reais, o que representa um crescimento de 16,04% em comparação a 2020. De acordo com a entidade, esse aumento foi puxado principalmente pela crescente preocupação dos brasileiros com a imunidade por conta da pandemia.

FATORES QUE INFLUENCIAM NESSA PROCURA

Entre as condições que afetam o sistema imunológico estão: os distúrbios do sono, a má alimentação, o consumo exagerado de álcool, o estresse prolongado, o uso de alguns medicamentos e o sobrepeso. Apesar de fazerem parte do dia a dia de muitos brasileiros, esses problemas foram agravados na pandemia devido ao isolamento social, às incertezas financeiras, à preocupação com a própria saúde e dos familiares, e a ansiedade para que tudo voltasse ao normal.

SUBSTÂNCIAS MAIS USADAS PARA REFORÇAR O SISTEMA IMUNOLÓGICO

Alguns dos suplementos e remédios mais consumidos pelos brasileiros com o objetivo de aumentar a imunidade são:

Vitamina C - esta é a vitamina mais conhecida quando o assunto é melhorar a imunidade, e não é para menos. Ela contém ativos antivirais e acelera a recuperação dos indivíduos com gripe ou outros vírus.

Vitamina D - apesar de ser mais famosa por contribuir com o enrijecimento dos ossos, a vitamina D tem um papel importante na prevenção de infecções e aumento da imunidade.

Zinco - um mineral essencial para o sistema imune, o zinco age no desempenho dos linfócitos, as células de defesa do organismo, além de atuar como um anti-inflamatório.

Selênio - com uma grande potência antioxidante, o selênio ajuda a controlar os radicais livres - moléculas instáveis que se formam com a resposta do sistema imunológico para infecções e que são capazes de danificar órgãos e células quando em excesso.

Ômega 3 - a suplementação com esses ácidos graxos poli-insaturados auxilia consideravelmente no fortalecimento do sistema imune e reduz a inflamação.

Própolis - vendido em drogarias e lojas de produtos naturais, na forma de spray ou em gotas, o própolis proporciona uma ativação das células de defesa, facilitando o reconhecimento e a eliminação dos micróbios.

Probióticos - disponíveis em forma de suplementos ou manipulados, os probióticos são formados por bactérias e têm um efeito imunoestimulante, pelo fato de protegerem a mucosa intestinal contra a agressão de micro-organismos nocivos.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Talk Science, em Talk Science

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.